Osteopatia

A Osteopatia se trata de um conjunto de técnicas manuais não invasivas que enfatizam a mecânica do corpo, com a finalidade de detectar e corrigir estruturas e funções debilitadas.

Tem como objetivo trazer o equilíbrio ao corpo, para que o mesmo tenha condições de se defender mediante qualquer processo patológico. Assim, favorece o processo de cura inato do corpo.

Através das técnicas utilizadas, são realizados ajustes mecânicos de articulações, diminuição de alterações musculares e nos tecidos, restauração de movimentos e manipulação das fáscias. Também podem ser aplicadas manobras para os sistemas linfático, imunitário e visceral.
Isso porque na avaliação osteopática, uma dor lombar por exemplo, pode se relacionar com a redução de mobilidade do sistema gástrico ou outros fatores de interligação.


Indicado para: O campo de tratamento da Osteopatia é muito amplo pois ele abrange todo o corpo humano. Uma variedade de patologias desde musculares, esqueléticas, viscerais, e inclusive emocionais podem ser tratadas. 

Doenças mais frequentes, nomeadamente ciáticas, lombalgias, dorsalgias, cervicalgias, escolioses, hérnias discais e torcicolos. Podem ser tratados também entorses, tendinites, epicondilites, síndromes do túnel cárpico, dores nos ombros, problemas da articulação temporo-mandibular (ATM) e tensões e contraturas musculares. Pode ajudar a resolver também enxaquecas, dores de cabeça, problemas digestivos, insônias, depressão, vertigens, labirintites, sinusites, glaucoma, tensão pré-menstrual, obstipação, estresse e problemas respiratórios. 

Contrainicado para: São observadas algumas contraindicações, que dependem de uma avaliação inicial individualizada.